sexta-feira, 8 de maio de 2015

NASA: O Terremoto do Nepal Alterou a Atmosfera da Terra

As análises que ainda estão em estudo poderiam confirmar a previsão de sismos com base nas alterações da camada da ionosfera de nossa atmosfera.
A ionosfera, camada da atmosférica carregada de elétrons que cobre a Terra a 60 quilômetros de sua superfície, mostrou-se muito sensível ao terremoto do Nepal em 25 de abril, de acordo os registros da NASA.
"O terremoto de 7,8 de magnitude no Nepal em 25 de abril, criou ondas de energia que penetraram na ionosfera e perturbaram a distribuição de elétrons", destacou a NASA, de acordo um relatório do Space Weather em 1 de maio.
"Basicamente, se trata de ondas de densidade de elétrons ondulando em um ponto da ionosfera acima do epicentro do terremoto. As ondas foram medidas mediante um receptor GPS em Lasa, Tibet. Levaram 21 para que as ondas viajassem 400 milhas entre o epicentro e a estação de recepção GPS", disse o Space Weather.
Por sua vez, o mapa global da ionosfera, elaborado pelo Laboratório de Propulsão do Instituto Tecnológico da NASA na Califórnia, em 2 de maio, mostrou seu conteúdo total de elétrons (TEC) em tempo real (RT) destacado sobre as zonas do terremoto. Os valores são observados mediante um sistema GPS de cartografia, com dados recolhidos de estações terrestres.
Sobre a questão, em março, cientistas da Universidade Anglia Ruskin e do Instituto SETI, do Ames Research Center (ARC) da NASA na Califórnia, publicaram um estudo que demonstra inclusive que os terremotos podem ser previstos pelos seus efeitos na ionosfera.
Eles analisaram que a área sobre o terremoto de 7,0 graus na escala Richter em 2011, no Parque Nacional Yanachaga no Peru, duas semanas antes do evento começou a ser registrado ondas de rádio de baixa frequência alteradas. Estas ondas viajam pela ionosfera.
Uma flutuação particularmente grande foi gravada oito dias antes do terremoto, e isto coincidiu com uma diminuição significativa de movimentos de animais nessa área. Eles praticamente desapareceram.
A ionosfera desempenha um papel fundamental na atmosfera terrestre. É continuamente bombardeada pelo vento solar que transporta partículas ionizadas do Sol. Ela consegue amortecer o impacto das tormentas solares sobre a Terra ao receber as ejeções de massa coronal do Sol a toda velocidade. Nesta camada ocorrem as auroras, a explosão de meteoros e as nuvens noctilucentes.
--------------------------------------
A questão agora é: estas mudanças na ionosfera teria alguma relação com o HAARP? Um estudo anterior mostrou anomalias atmosféricas dias antes do terremoto no Japão. O HAARP supostamente seria desativado ano passado, mas não consegui encontrar informações que confirmassem o fato, além do que a previsão que seria de que outra instalação seria criada para substituí-lo.
Leia também: HAARP, MANIPULAÇÃO DO CLIMA DO PLANETA http://contraanovaordemmudial.blogspot.com/2015/02/projeto-haarp.html
Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2015/05/nasa-o-terremoto-do-nepal-alterou-a-atmosfera-da-terra.html?m=1

Nenhum comentário: