domingo, 21 de junho de 2015

Cientista propõe usar o VÍRUS EBOLA para ELIMINAR 90% da população mundial, e é APLAUDIDO DE PÉ!


Vivemos seguramente tempos interessantes. O ecologista de fama mundial, Dr. Eric Pianka, defendeu o uso do Ebola no ar para eliminar 90% da população humana. Poderá estar interessado em saber que as vítimas do ebola têm uma morte lenta e torturosa ao ser iniciada pelo vírus uma cascada de calamidades biológicas no interior da vítima que eventualmente liquidificam os órgãos internos. De acordo com um relatório do site  Vida, e  outros relatórios, Eric foi investigado pelo FBI depois de receber uma denúncia de que Pianka "defendia terrorismo biológico." 

É por isso que o FBI está interessado em falar com
ecologista e herpetólogo, Dr . Eric R. Pianka, que sugeriu em uma reunião da Academia de Ciências do Texas que uma versão no ar de Ebola iria acabar com 90% da população humana era a solução para o ser humano "problema da superpopulação."

No 109º encontro da Academia de Ciências do Texas, na Universidade Lamar em Beaumont, entre 3-5 Março de 2006, o Dr. Eric R. Pianka, ecologista evolucionista e perito em lagartos da Universidade do Texas, apresentou soluções para reduzir a população mundial na forma de um slide representando os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Guerra e fome não resultarão, explicou. Em vez disso, a doença oferece o meio mais eficiente e mais rápido para matar milhares de milhões que têm que morrer em breve se se quer resolver a crise populacional.

A sida não é um assassino eficiente, explicou, porque é lenta demais. O seu candidato favorito para eliminar 90% da população mundial é o ebola aerotransportado (ebola Reston), porque é altamente letal e mata em dias, em vez de anos.

“Temos 90% de mortalidade aerotransportada nos humanos. Matando seres humanos. Pensem nisso.”

“Sabem, a gripe aviária também é boa.” Eles riram de novo quando ele propôs, com uma nota de satisfação na sua voz, que “Precisamos de esterilizar todo o mundo na terra.”

Ele encontrou uma solução excelente para o problema dos combustíveis fósseis, “E os combustíveis fósseis estão se esgotando”, disse, “portanto penso que teremos que diminuir para 2 mil milhões, o que seria à volta de um terço de toda a população”. Portanto só a crise do petróleo pode exigir a eliminação de dois terços da população mundial.

Quando Pianka terminou os seus comentários, a audiência aplaudiu. Não foi apenas um pequeno aplauso cortês que as audiências diplomaticamente reservam aos pobres oradores enfadonhos. Foi um aplauso ruidoso, forte e entusiástico.

Cinco horas depois do famoso discurso os distintos dirigentes da Academia de Ciências do Texas entregaram a Pianka uma placa em reconhecimento de ter sido nomeado Distinto Cientista Texano 2006.

CONTRA A NOVA ORDEM MUNDIAL E A AGENDA GLOBAL ILLUMINATI


Fonte: Cidadão cientista Forrest M. Mims III, membro da Academia do Texas e presidente da Secção de Ciência do Ambiente


Em 2007, de acordo com o vídeo abaixo e documentos que foram amplamente divulgados, o governo dos EUA, através do CDC, adquirido a patente do Ebola , que inclui toda a tensão, incluindo cepas híbridas que possuem uma semelhança de 70 por cento. Este foi apenas um ano após o discurso "fim do mundo" de Pianka. 

No vídeo de David Vose abaixo, vemos uma descrição mais detalhada do discurso de Pianka, onde teria acompanhado seu discurso de "fim do mundo", com uma apresentação de slides, que incluía uma imagem descrever os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. 

O momento do discurso defendendo o uso do aerotransportado Ebola, com o CDC obtendo a patente e os ensaios clínicos da vacina a partir do mesmo ano como o discurso Pianka, não pode ser ignorado, nem deve ser. Considere também o timing coincidente da Geogia Guidestones, que também defende o abate de 90 por cento da população, com uma misteriosa  além do 2014, que desde então foi removido, eo transporte deliberada de  pessoas Ebola expostos para os Estados Unidos . 

Surpreendentemente, o CDC possui "a" patente de Ebola e todas as cepas futuras.

A seção "RESUMO DA INVENÇÃO" do documento de patente também afirma claramente que o governo dos EUA está alegando que a "propriedade" sobre todos os vírus Ebola que compartilham tão pouco quanto 70% de similaridade com o Ebola que "inventou":
Por que uma organização do governo afirmam ter esta doença infecciosa "inventado" e, em seguida, ter o monopólio sobre a sua exploração para uso comercial? É claro que o CDC pretende reivindicar royalties sobre as vacinas Ebola. Isso, certamente, aumenta a probabilidade de que as vacinas se tornará obrigatória, aumentando assim o potencial de lucro para os detentores de patentes.



SEJA UM MEMBRO DESSE BLOG SE INSCREVA, OU ME SIGA NO GOOGLE+ E FIQUE POR DENTRO DE TODOS OS ASSUNTOS RELEVANTES DA NOVA ORDEM MUNDIAL 

FONTES:




Nenhum comentário: