sexta-feira, 26 de junho de 2015

Google Espia Secretamente Usuários de Computador Através de Microfones


Quase uma década depois do site Infowars advertir que as corporações podem estar espionando os usuários de computador via microfones de computadores, isso agora vem à tona que o software do Google instalado secretamente está fazendo exatamente isso.

"O navegador Chromium - a base de código aberto para o Google Chrome - começou a instalar remotamente o código de espionagem de áudio que foi capaz de ouvir os usuários", relata o londrino The Guardian.

O software foi projetado para trabalhar com a palavra chave
de detecção do Chrome 'OK, Google', que funciona em resposta a comandos de voz fornecidos pelo usuário - mas, em alguns casos, o software foi instalado e ativado sem permissão.

"Sem o consentimento, o código do Google tinha baixado uma caixa preta de código que - de acordo com ele mesmo - ligava o microfone e ouvia ativamente da sua sala", escreve o fundador do grupo Pirate, Rick Falkvinge. "O que significa que o computador foi secretamente configurado para enviar o que estava sendo dito em sua sala para alguém, a uma empresa privada em outro país, sem o seu consentimento ou conhecimento, uma transmissão de áudio acionado por... um conjunto desconhecido e não verificável de condições."

GOOGLE, ESPIONAGEM, BIG BROTHER, GRAVAÇÃO DE CONVERSA,
O Google negou as acusações, afirmando que os usuários têm de "optar" antes que o software seja ativado, mas os desenvolvedores insistem o contrário.

"A instalação padrão ainda vai grampear sua sala sem o seu consentimento, a menos que você opte por sair, e mais importante ainda, saber que você precisa optar por sair, o que não é de forma alguma uma exigência razoável", disse Falkvinge.

Em 2006 relatamos que tanto o Estado e as empresas estavam se movendo para utilizar microfones ligados a computadores das pessoas para espionar suas conversas, bem como para a construção de perfis psicológicos com objetivos como a invasiva publicidade de estilo Minority Report.

De fato, nesse mesmo ano o Google anunciou que eles estavam desenvolvendo um software que iria usar os microfones de PCs para ouvir o ruído de fundo do ambiente, a fim de gerar "conteúdo relevante" para o usuário.

"Uma vez que pelo menos 150 milhões de americanos estão ativos na Internet todos eles vão ser alvos potenciais para vigilância secreta e a subsequente venda de todas as suas informações para empresas de mineração de dados sem escrúpulos e agências do governo," nós informamos quase nove anos atrás.

Outras empresas também foram acusadas ​​de usar o software de reconhecimento de voz para espionar conversas.

Em novembro nós informamos sobre a nova política de privacidade global da Samsung para sua linha de Smart TVs a qual afirma que as conversas pessoais de um usuário serão gravadas pelo microfone do dispositivo e transmitidas a terceiros.

Desde seu lançamento em 2010, o dispositivo de jogos Kinect do X-Box da Microsoft tem uma câmera de vídeo e um microfone que grava a fala. A empresa informa aos seus usuários que eles "não devem esperar qualquer nível de privacidade a respeito da utilização dos recursos de comunicação ao vivo", enquanto a Microsoft também "pode ​​acessar ou divulgar informações sobre você, incluindo o conteúdo de suas comunicações."

No ano passado, a Microsoft foi forçada a negar afirmações de que a câmera do Kinect do Xbox One podia ver os órgãos genitais dos jogadores depois de imagens de vídeo surgirem, as quais sugeriram que o dispositivo IR da câmera era tão sofisticado que poderia capturar o contorno do pênis de um usuário.

Os jogadores também reclamaram que o Kinect estava monitorando suas conversas do Skype por palavrões e depois punindo-os com banimentos de contas.


SEJA UM MEMBRO DESSE BLOG SE INSCREVA, OU ME SIGA NO GOOGLE+ E FIQUE POR DENTRO DE TODOS OS ASSUNTOS RELEVANTES DA NOVA ORDEM MUNDIAL E NÃO SE ESQUEÇA DE COMPARTILHAR ISSO É MUITO IMPORTANTE AVISE AO MAXIMO DE PESSOAS POSSÍVEL!!!

NÃO DEIXE DE CURTIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK CLICANDO >>AQUI<< OU NO BOX FANPAGE LOGO AQUI DO LADO >>>


FONTES:









Nenhum comentário: